Publicidade
Publicidade
Publicidade
11:22 Dom
17/12/2017
APOSENTADORIA

Atleta olmpico da Frana, patinador nascido no interior do Cear se aposenta aos 25 anos

Campeo europeu em 2011, Florent Amodio, foi adotado por um casal de gringos quando era beb, e participou de duas edies das Olimpadas de Inverno

O único cearense a ter disputado os Jogos Olímpicos de Inverno – dono de uma história de vida marcante – já não vai ser mais profissional. Florent Amodio, nascido em 1990, na cidade Sobral, a 250 km de Fortaleza, anunciou aposentadoria. O patinador representante da França fará a última apresentação entre os dias 25 e 31, no Campeonato Europeu da Eslováquia, que será realizado em Bratislava.

De origem humilde, gerado às margens do Rio Acaraú, o então Francisco Thiago dos Santos foi ‘dado’ a um casal de franceses quando ainda era bebê. A história veio à tona em 2010, nos Jogos de Inverno de Vancouver, no Canadá. Nessa mesma competição, foi o 12º lugar geral.

“Eu não dei ele porque tive perversidade, por ser uma pessoa ruim. Eu dei ele porque não tive condições de criar três filhos pequenos de uma vez só. Um era maior e a outra era de colo. Eu morava com a minha irmã, a Rosa. Ela trabalhava e sustentava meus três filhos”, explicou Delfina dos Santos, mãe do esportista, ao portal Tribuna do Ceará, em 2014.

O pai biológico de Florent faleceu há mais de 10 anos, e atualmente Delfina é casada com Mauro Gomes. Os dois, mais o caçula da ex-merendeira, Adsson Kevin, de 16 anos, vivem em uma casa alugada no bairro do Tamarindo.

Campeão europeu em 2011, oito vezes o melhor patinador da França, Florent chegou a estrelar um curta-metragem chamado Progamme Libre, onde interpretou um adolescente com o nome de Gauthier. Além disso, participou das Olimpíadas de Inverno de Sochi 2014, na Rússia.

“Eu estive pensando sobre isso por um longo tempo. Após os Jogos Olímpicos em Sochi, eu decidi andar por mais dois anos, para eu tentar saber se conseguiria se qualificar para uma medalha nos Jogos. No entanto, a diferença está ficando maior”, revelou Amodio, que fez referências aos atletas mais jovens.

Patinador desde os quatro anos, Florent visitou o Brasil somente uma vez. Como não possui contato com brasileiros, também não fala português. Em uma das suas apresentações, o francês utilizou três músicas em referência ao país de nascimento: “Balada” (Gusttavo Lima), “Eu quero tchu, eu quero tcha” (João Lucas e Marcelo) e “Memories of Sobral” (música instrumental criada por Sébastien Damiani).  (tribnunadoceara)

Comentrios