Publicidade
Publicidade
Publicidade
11:22 Dom
17/12/2017
PSD e PMB

Partidos presididos por me e filho se unem em bloco na Assembleia

Com nove deputados em exerccio, grupo j nasce entre os mais fortes da Assembleia e quer negociar apoio nas eleies municipais deste ano

Se algumas famílias a política separa, outras faz aproximar. Presididos por mãe e filho no Ceará, respectivamente, os Partidos da Social Democracia (PSD) e da Mulher Brasileira (PMB) anunciaram ontem bloco na Assembleia. Com nove deputados em exercício, o grupo já nasce entre os mais fortes e não esconde: quer negociar apoio na eleição em Fortaleza.

“Para nós, reciprocidade é fundamental”, diz o deputado federal Domingos Neto, presidente do PMB cearense. “Nas cidades onde não tivermos candidato, podemos apoiar partidos que nos apoiem onde disputaremos”, diz.

Segundo Domingos, regra vale para Fortaleza, onde não existe “nada fechado” sobre a disputa, nem pelo apoio à reeleição de Roberto Cláudio (PDT). “Temos afinidade com o PDT e o PT, mas teremos os interesses dos dois partidos na mesa”, diz Domingos. O bloco, portanto, pode ser fundamental para opositores de RC.

Em relação ao governo Camilo Santana (PT), bloco será aliado, porém “com independência”. Pelo PMB, integram o bloco os deputados Naumi Amorim (ex-PSL), Laís Nunes (ex-Pros), Bethrose (ex-PRP), Júlio César (ex-PTN), Odilon Aguiar (ex-Pros) e o suplente Nizo Costa (ex-PSDC).

Já no PSD estão os ex-tucanos Gony Arruda, Professor Teodoro e Osmar Baquit (atual Secretário de Agricultura do Estado), além de Leonardo Pinheiro (ex-PR).

Eleições municipais
Segundo Domingos Neto, aliança entre PMB e PSD busca ser “mostra de unidade e força” dos partidos, que cobiçam prefeituras de mais de 80 municípios. Na próxima segunda-feira, 1º, será anunciado o líder do bloco.

Presidente do PSD cearense e mãe de Domingos, Patrícia Aguiar deve disputar reeleição em Tauá. Entre os deputados da sigla, só Leonardo Pinheiro deverá disputar a Prefeitura de Morada Nova.

Criado em novembro de 2015 e já formado forte no Ceará, o PMB foi “inflado” pois serviu de janela para deputados que desejam disputar eleição neste ano. Segundo Domingos, deverão disputar prefeituras Bethrose (São Gonçalo do Amarante), Júlio César Filho (Maracanaú), Laís Nunes (Icó), Naumi Amorim (Caucaia) e Nizo Costa (Cariús).

As legendas devem ter candidatos também em municípios expressivos, como Iguatu e na região do Cariri. “Iremos conversar”, diz o deputado.

Domingos Neto e Patrícia integram tradicional família da política do Sertão dos Inhamuns. Pai do deputado e marido da prefeita, o ex-presidente da Assembleia e ex-vice-governador Domingos Filho está afastado da política e é conselheiro do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM). (O Povo)





Comentrios