Publicidade
Publicidade
Publicidade
11:22 Dom
17/12/2017
Militares do 8 BPM cumprem Mandado e tr

Militares do 8 BPM cumprem Mandado e trazem do Par suspeito de latrocnio de irmos em Monte Santo TO

Militares do 8 BPM cumprem Mandado e trazem do Par suspeito de latrocnio de irmos em Monte Santo TO

Foto:

Depois de vários dias de trabalho investigativo da P2 do 8º BPM de Paraíso do Tocantins com troca de informações com a Polícia Militar de Santana do Araguaia PA, esta conseguiu localizar o principal suspeito do latrocínio ocorrido dia 08 de junho de 2016, em uma propriedade rural do município de Monte Santo TO, José Rodrigues da Silva, 30 anos.



O mesmo foi localizado inicialmente na localidade denominada de Casa de Tábua PA e de lá foi para a cidade de Santa Maria das Barreiras, onde foi preso e levado para a cidade de Santana do Araguaia PA pelos militares comandado pelo Major Luiz Antônio daquela Companhia Militar no Sul do Pará. Rodrigues ficou retido até a chegada dos policiais do Tocantins, que já se encontravam na área.

Após a prisão do homem em Santana do Araguaia, os policiais militares do Tocantins, de posse do Mandado de Prisão Provisória expedido pela Juíza da Comarca de Paraíso do Tocantins, Drª. Renata do Nascimento e Silva a pedido da Delegada Drª. Lorena Josephine Oyama, deixaram aquela cidade por volta das 13h, desta quarta-feira, 22.

O suspeito foi apresentado na Delegacia de Plantão da 6ª Regional de Polícia Civil de Paraíso do Tocantins às 19h20, dessa mesma data, sob um forte aparato de segurança. O suspeito do assassinato foi ouvido pela Delegada de Plantão, Drª. Lorena Josephine Oyama, em seguida encaminhado para CPPP – Casa de Prisão Provisória de Paraíso do Tocantins, quando este aguardará pela decisão do Poder Judiciário. Na prisão desta quarta os policiais de ambos os estados consideraram como troca de favores de serviços em prol da sociedade e com isto estreitaram ainda mais os laços de comprometimento entre as policias destas regiões.

O Caso

Na manhã de quinta-feira, 09 de junho, dois homens foram encontrados mortos em uma propriedade rural denominada Chácara Três Irmãs a cerca de 7 Km do Km 77 da TO-080 no município de Monte Santo Tocantins, região central do Estado.
Conforme informações de testemunhas moradoras próximas do local, as mesmas estranharam a ausência do caseiro Antônio Pereira de Oliveira, 24 anos, com isso foram até a casa desse, olharam por uma abertura na janela e perceberam que Antônio se encontrava amarrado e morto na cozinha da casa. Após essa situação ligaram para Polícia, em seguida os vizinhos fizeram buscas pelo irmão do caseiro, o senhor Adão Pereira de Oliveira (Adãozinho do Mototáxi), 55 anos, pois segundo eles o mesmo também estaria no local.

Após a chegada da Polícia foi realizada novas buscas, dessa vez em um bananal informado por moradores e nada encontraram, mas ao verificarem nas proximidades da casa perceberam uma batida no mato e após alguns metros encontraram o corpo do Adãozinho do Moto Táxi, que teria sido arrastado, amarrado e morto de forma bárbara, possivelmente com uso de madeira, como também teria sido seu irmão Antônio.

A PM acionou o IML de Paraíso para conduzir os corpos. Policiais Civis da 6ª Regional de Polícia Civil estão investigando o caso, onde um homem ainda não localizado é o principal suspeito. Na propriedade havia ainda em um pequeno curral com quatro reses presas, conforme as testemunhas, não era de costume do morador animais no curral.

O caso foi registrado pela Polícia Militar na Delegacia de Plantão de Paraíso do Tocantins. (Surgiu/Foto Surgiu)

Pará / Tocantins

O bom relacionamento dos militares do 8º BPM de Paraíso do Tocantins com policiais do Sul do Pará, sob o comando do Major Luiz Antônio, vem desde a prisão do homicida conhecido como Leleco, ocorrido em 2015, na cidade de Santana do Araguaia, quando este assassinou covardemente uma adolescente de 13 anos com vários tiros, em frente a casa da vítima, ao lado de sua mãe.

O motivo do crime na época, se deu por que a menor não aceitava mais o relacionamento. Leleco foi preso pela Polícia de Paraíso em cumprimento de Mandado de Prisão Provisória expedido pelo Juiz da Comarca de Santana do Araguaia. Na ocasião o autor foi recambiado para o estado do Pará sob forte escolta policial, pois as ameaças de linchamento pela população era inerente, diante disso o rapaz saiu de Paraíso direto para a cidade de Marabá PA, evitando assim o confronto com a população.
Fonte: Surgiu
 

Comentrios